Os sistemas de espuma são usados principalmente para a proteção de grandes riscos de líquidos inflamáveis, como tanques de armazenamento de óleo.

Fitas anticorrosivas as melhores Hidrauço
A espuma pode ser aplicada de duas maneiras.Sistemas autônomos: têm sua própria espuma e consistem em equipamentos de
fabricação de espuma, suprimentos de espuma e tubos conectados às
saídas. Eles podem ser projetados para operar automaticamente pela incorporação
de sistemas de detecção, e também podem dar um alarme.

Sistemas aos quais o corpo de bombeiros conecta o equipamento de fabricação de
espuma: nesses sistemas, o equipamento de fabricação de espuma é substituído
por uma entrada situada na parte externa das instalações, ao nível da rua.
A espuma de baixa expansão é adequada para incêndios com líquidos inflamáveis, onde o
líquido é imiscível (ou seja, não se mistura) com água. A taxa de aplicação da solução de
espumação por unidade de área determina o tempo necessário para controlar e extinguir o
incêndio. A espuma de baixa expansão tem boa retenção de água, resistência ao calor e
oferece estabilidade a longo prazo, mas tem volume e capacidade de preenchimento
limitados.
A espuma de alta e média expansão é feita pela aeração de uma solução aquosa de um
agente espumante sintético até a expansão apropriada. A espuma média é usada para
aplicações de “baixo nível” onde uma formação de manta é necessária, enquanto a
espuma de alta expansão é usada quando um desempenho de volume é necessário (por
exemplo, em porões ou túneis de cabos).
A espuma de alta expansão é normalmente usada em espaços confinados, por exemplo,
em alguns armazéns, túneis, hangares de aeronaves e em algumas aplicações
especializadas envolvendo gases inflamáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *